Artigos? Envie para o email marcelopassossenador@gmail.com

Pesquisa Web

terça-feira, 25 de janeiro de 2011


BHTrans Reduz Horários de Circulação de Caminhões na Savassi



A BHTrans reduz ainda mais, a partir desta terça-feira, os horários de circulação de caminhões na Savassi, Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

 

A proibição começou a valer há mais de um ano depois de acidentes com veículos de carga na região. No início do chamado disciplinamento de carga e descarga da capital, a restrição foi implantada de segunda a sexta-feira, de 7h às 9h e de 17h às 20h, e aos sábados, de 7h às 9h. 



Agora os veículos não poderão circular de segunda a sexta, de 7h às 20h, e aos sábados, de 7h às 15h.



De acordo com a BHTrans, a restrição na área da Savassi compreende as vias internas ao perímetro entre a Rua dos Timbiras (com Rua da Bahia), Av. Afonso Pena, Avenida do Contorno e Rua da Bahia (com Rua dos Timbiras). 



Para casos excepcionais, com cargas indivisíveis ou veículos especiais, que ultrapassem a capacidade e horários estabelecidos, a BHTrans poderá emitir uma autorização especial. 



Os motoristas serão orientados por meio de panfletos, entre os dias 25 e 27 de janeiro, nas principais vias de acesso ao perímetro proibido.


Confira como a circulação de veículos de carga será definida:



Veículos até 5 toneladas e comprimento de até 6,50 metros - Livre
Acima de 5 toneladas ou comprimento acima de 6,50 metros - Proibido de segunda a sexta: das 7h às 20h. / Sábados: das 7h às 15h
Carretas e cavalos mecânicos:  Expressamente proibido em qualquer horário



Próximas Restrições



Outras etapas da restrição de circulação e operação de carga e descarga estão previstas para 2011, com exceção dos corredores de acesso ao Centro de BH. Da mesma forma que está sendo feito na Savassi, os horários de proibição serão ampliados.


Veja as próximas etapas:



- Corredores de Tráfego, 21/2/2011
- Região de Lourdes, 26/4/2011;
- Assembléia/Barro Preto, 26/7/2011;
- Área Hospitalar, 25/10/2011;

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011


Ações Conjuntas Fortalecem a Campanha de Combate à Dengue em Minas Gerais.




A Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG) vem articulando diversas parecerias para a campanha de combate à dengue. A estratégia é envolver setores do poder público, como Secretarias de Estado, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, entre outros e setor privado, fazendo com que as ações possam ter maior capilaridade.



Entre as Secretarias de Estado que estão apoiando a luta contra a dengue está a Secretaria de Fazenda (SEF), que está providenciando, por meio de sua assessoria jurídica, uma alteração na Resolução 4.015, que instituiu a Comissão Setorial e Regional de Educação Ambiental na SEF.






O novo texto vai incluir a atividade de apoio ao Programa de Combate à Dengue. O prazo estimado é até o fim de fevereiro para que ocorra a modificação.



Além disso, a SEF promoverá a inserção, nos folders da Educação Fiscal, a logomarca da campanha “Agora é Guerra. Todos contra a dengue.”, realizando distribuição de material informativo sobre a doença nas blitz e de IPVA, que serão realizadas no mês de janeiro em diversos municípios.



Também está prevista a distribuição dos 800 cartazes da campanha, que vão ser afixados, em aproximadamente, 170 Unidades da SEF em 150 municípios, entre eles os críticos e prioritários, distribuídos da seguinte forma: três para cada município, mais cinco em cada município crítico e mais três em cada município prioritário. Outra ação é a publicação de notícias sobre dengue no informativo interno da Fazenda, que tem mais 4.000 servidores/ leitores em todas as unidades da SEF.

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Oito Governadores do PSDB Tomam Posse



Os oito governadores do PSDB, principal vencedor das últimas eleições nos estados brasileiros, tomaram posse neste sábado (01.01.11). Os representantes do maior partido de oposição do país terão sob seus cuidados quase metade do eleitorado nacional, 64,5 milhões de pessoas, ou 47,5% do total. 



O PSDB venceu as eleições em quatro estados no primeiro turno: São Paulo, com Geraldo Alckmin; Minas Gerais, com Antonio Anastasia (reeleito); Paraná, com Beto Richa; e Siqueira Campos, em Tocantins. 



No segundo turno, o partido, além de obter 43,6 milhões de votos para presidente, venceu em outros quatro estados, tornando-se a legenda com maior número de governadores. Marconi Perillo venceu no Goiás; Tetônio Vilela Filho, em Alagoas; Simão Jatene foi eleito governador do Pará; e Anchieta Junior, reeleito em Roraima.



Em números, é o melhor desempenho do PSDB desde 1994 quando foi votado por 52% dos eleitores, na ocasião houve também a eleição de Fernando Henrique Cardoso (1995-2002) para presidente do Brasil. 



Os governadores eleitos, assim como o presidente do PSDB, Sérgio Guerra (PE), garantem que o partido se portará de modo responsável na oposição. “Seremos firmes. Estaremos dispostos a ajudar no que for importante, a aprovar o que for necessário e a combater o que estiver errado”, resume o presidente do partido.